Fique por dentro

Postado em 21 de Dezembro de 2013 às 10h26

Laboratório alemão cria doce que elimina as bactérias que causam a cárie

  • Nativa Farmácia e Manipulação -

Boa notícia para quem é viciado em doces: cientistas do laboratório de biotecnologia ORGANOBALANCE, de Berlim, anunciaram a criação de uma guloseima que ajuda no combate às cáries.
Ao contrário do que muita gente diz por aí, as cáries e cavidades que surgem nos dentes não são causadas pelas comidas açucaradas. A grande causadora é a bactéria Mutans streptococci, que é liberada na boca enquanto mastigamos. A bactéria gruda no dente e começa a liberar um ácido, que acaba estragando o esmalte que reveste o esmalte dentário.
O doce criado pela equipe do laboratório pretende destruir essa bactéria. Para isso, eles incluíram uma versão “morta” de outra bactéria, chamada Lactobacillus paracasei, na receita. Isso porque a Lactobacillus paracasei tem uma característica excelente para o propósito da invenção: ela possui uma camada açucarada que consegue “agarrar” a Mutans streptococci e a impede de grudar nos seus dentes.
Os pesquisadores afirmam que o nível da bactéria causadora da cárie caiu significativamente nos voluntários da pesquisa. É uma boa descoberta para quem não resiste a um doce, mas é bom lembrar que nada disso substitui a escovação.

Fonte: Superinteressante

Veja também

Remédios poderão ter alta de até 7,70% no próximo mês25/03/15Comprar remédios deverá ficar de 5% a 7,70% mais caro a partir do mês que vem. O reajuste anual que deverá ser aplicado no dia 31 de março elevará os preços de 19 mil representações de medicamentos de referência (marcas famosas). Os novos valores para os consumidores, porém, deverão chegar às prateleiras ao longo do mês de abril. Apesar de a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa)......
Brasil registra aumento de 775% no consumo de Ritalina em dez anos 13/08/14Medicamento é usado para tratar o transtorno de déficit de atenção Em dez anos, a importação e a produção de metilfenidato - mais conhecido como Ritalina, um de seus nomes comerciais - cresceu 373% no País. A maior disponibilidade do medicamento no mercado nacional impulsionou um aumento de......
Justiça manda liberar remédio com componente da maconha02/09/14Esta é a primeira vez que a Justiça determina que a Anvisa libere um remédio a base de THC, uma substância proibida no Brasil A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) informou por meio da assessoria de imprensa não ter sido notificada sobre a decisão da Justiça de Minas que determinava a liberação de medicamento que......

Voltar para Blog