Fique por dentro

Postado em 13 de Agosto de 2014 às 08h45

Brasil registra aumento de 775% no consumo de Ritalina em dez anos

Medicamento é usado para tratar o transtorno de déficit de atenção

Nativa Farmácia e Manipulação Medicamento é usado para tratar o transtorno de déficit de atenção Em dez anos, a importação e a produção de metilfenidato - mais conhecido como Ritalina, um de seus nomes comerciais -...

Em dez anos, a importação e a produção de metilfenidato - mais conhecido como Ritalina, um de seus nomes comerciais - cresceu 373% no País. A maior disponibilidade do medicamento no mercado nacional impulsionou um aumento de 775% no consumo da droga, usada no tratamento do Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH). Os dados são de pesquisa do Instituto de Medicina Social da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ).

O medicamento é usado sobretudo em crianças e adolescentes, os mais afetados pelo transtorno. Para especialistas, a alta no uso do medicamento reflete maior conhecimento da doença e aumento de diagnósticos, mas também levanta o alerta de uso indevido da substância, até por pessoas saudáveis que buscam aumentar o rendimento em atividades intelectuais.

Em sua tese de doutorado pela UERJ, defendida em maio, a psicóloga Denise Barros compilou os dados dos relatórios anuais sobre substâncias psicotrópicas da Junta Internacional de Controle de Narcóticos, órgão vinculado às Nações Unidas. De acordo com o levantamento, o volume de metilfenidato importado pelo Brasil ou produzido em território nacional passou de 122 kg em 2003 para 578 kg em 2012, alta de 373%. A pesquisadora cruzou os dados da produção e importação e do estoque acumulado em cada ano, dado também disponível nos relatórios, para chegar aos prováveis índices anuais de consumo. De acordo com o levantamento, foram 94 kg consumidos em 2003 contra 875 kg em 2012, crescimento de 775%.

Dados mais recentes obtidos pelo Estado na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) confirmam a tendência de alta. Segundo o órgão, o número de caixas de metilfenidato vendidas no Brasil passou de 2,1 milhões em 2010 para 2,6 milhões em 2013.

Fonte: Guia da Farmácia

Veja também

Comida engorda mais do que você pensa17/12/13 Você sempre dá uma olhadinha no valor calórico de cada prato antes de escolher o que vai almoçar? Pode estar sendo enganado. Essa é a conclusão de um novo estudo, que avaliou 269 pratos de 42 lanchonetes e restaurantes e constatou que a realidade é mais engordativa: em média, as comidas têm até 100 calorias a mais do que está indicado no......
Saiba qual pasta de dente é ideal para cada fase da vida14/05/14Flúor é indicado em todas as idades para evitar cáries, inclusive para crianças istem tantas opções de cremes dentais no mercado que fica cada vez mais complicado escolher a melhor ou a mais apropriada para cada caso e fase da vida. Segundo o cirurgião-dentista, Giuseppe Alexandre Romito, professor de Periodontia, da......
Do que são feitos os iogurtes reguladores do intestino?17/12/13Eles têm bactérias que substituem outros micro-organismos que já existem naturalmente no órgão, mas que o abandonaram por diversos motivos, de estresse a alergi Há 2 tipos de iogurtes reguladores. Um é feito à base de bactérias conhecidas como probióticos: organismos benéficos à saúde se usados corretamente. O outro tipo é composto de fibras vegetais,......

Voltar para Blog