Fique por dentro

Postado em 10 de Junho de 2015 às 15h40

Viagra feminino pode ser aprovado essa semana nos EUA

Nativa Farmácia e Manipulação Novo Conteúdo 01 Um novo medicamento que promete combater a falta de apetite sexual das mulheres, e está sendo tratado como o viagra feminino, poderá ser aprovado pelo órgão de...

Um novo medicamento que promete combater a falta de apetite sexual das mulheres, e está sendo tratado como o viagra feminino, poderá ser aprovado pelo órgão de regulamentação de alimentos e medicamentos dos Estados Unidos, a Food and Drug Administration (FDA), ainda nesta semana.
Após muitas discussões sexistas, a FDA colocará para aprovação o viagra feminino, conhecido como Flibanserin, de acordo com informações do site DailyNews. A avaliação deve acontecer no dia 4 de junho, após duas negativas do órgão regulador, que alegou que os efeitos colaterais do medicamento eram comprometedores. Segundo o órgão de regulamentação, a nova pílula causava sonolência e náusea em excesso.
O grupo que luta pela implementação do produto tem apoio do Conselho Nacional de Organizações das Mulheres e da Associação dos Profissionais de Saúde Reprodutiva, ambos nos EUA. De acordo com as instituições, existem 26 produtos que tratam a disfunção sexual masculina, enquanto não há nenhum voltado para o público feminino. Em abaixo assinado com objetivo de colocar em pauta a avaliação da FDA, foram conseguidas mais de 40.000 assinaturas pelo novo produto.

Fonte: Guia da Farmácia

Veja também

Médicos canadenses analisaram 18 mulheres e impacto na cognição dos filhos18/12/13 Um estudo feito pela Universidade de Montreal, no Canadá, e apresentado resumidamente em um congresso anual da Sociedade de Neurociência dos EUA em San Diego, aponta que praticar exercícios físicos moderados na gravidez – 20 minutos durante três vezes por semana – pode aumentar o desenvolvimento do cérebro dos bebês. Os resultados, obtidos com 18 mulheres (10......
Como detectar uma gripe comum e a H1N113/05/16Com sintomas diferentes é possível saber por qual vírus o paciente foi infectado Em meio a um surto de H1N1 no País, é importante estar atento às diferenças entre a doença e uma gripe comum. O alerta é da médica infectologista e diretoria da Atenção Especializada da Prefeitura......

Voltar para Blog