Fique por dentro

Postado em 18 de Março de 2015 às 17h36

Dispositivo do Google pode ajudar a curar o câncer

O Google entrou com um pedido de patente na Organização Mundial de Propriedade Intelectual (WIPO) para um dispositivo para usar no braço.

Nativa Farmácia e Manipulação O Google entrou com um pedido de patente na Organização Mundial de Propriedade Intelectual (WIPO) para um dispositivo para usar no braço. A tecnologia chamada de Nanoparticle Phoresis é descrita como um...

A tecnologia chamada de Nanoparticle Phoresis é descrita como um dispositivo “capaz de modificar ou destruir um ou mais alvos no sangue que podem prejudicar a saúde”, o que inclui enzimas, hormônios, proteínas, células e outras moléculas.

A tecnologia busca a mudança física ou química das substâncias invasoras através da transmissão de energia para os vasos sanguíneos. Essa energia pode ser liberada por frequência de rádio, campo magnético, impulso acústico ou luz infravermelha . "Ao reconhecer o alvo, que pode ser células de câncer, o aparelho modifica ou altera suas características; assim, o câncer poderá ser controlado", descreve a patente.

De acordo com o site britânico The Telegraph, o Google declarou que está há, pelo menos, cinco anos de desenvolver um produto contra o câncer aprovado pelos médicos, mas fez questão de sinalizar que estão mais interessados em pesquisas sobre detecção do que modelos de tratamento.

Fonte: Época Negócios

Veja também

Remédio vencido pode perder eficácia e até causar doença nos rins18/02/14 Embora os maiores riscos do uso de medicamentos vencidos sejam outros, uma doença rara que afeta os rins, chamada acidose tubular renal foi descoberta como resultado do uso do antibiótico tetraciclina velho o bastante para que se degradasse em outras substâncias químicas. O caso inicial reportado, envolvendo uma forma do medicamento que não é mais utilizada, foi......
Nova lei obriga bulas mais legíveis e explicativas em embalagens de medicamentos14/01/16Objetivo é evitar erros de administração, trocas indesejadas e uso equivocado de fármacos Visando impedir a troca de medicamentos na hora do uso, além de obrigar os fabricantes a disponibilizar bulas com letras maiores e informações mais explicativas ao público, foi publicada no Diário Oficial da União......

Voltar para Blog