Fique por dentro

Postado em 14 de Janeiro de 2016 às 12h00

Nova lei obriga bulas mais legíveis e explicativas em embalagens de medicamentos

Objetivo é evitar erros de administração, trocas indesejadas e uso equivocado de fármacos

Nativa Farmácia e Manipulação Objetivo é evitar erros de administração, trocas indesejadas e uso equivocado de fármacos Visando impedir a troca de medicamentos na hora do uso, além de obrigar os fabricantes a disponibilizar bulas com...

Visando impedir a troca de medicamentos na hora do uso, além de obrigar os fabricantes a disponibilizar bulas com letras maiores e informações mais explicativas ao público, foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) de 30 de dezembro de 2015, a Lei nº 13.236, que estabelece normas gerais para inibir erros de administração, trocas indesejadas e uso equivocado de medicamentos.

O objetivo da medida é evitar enganos, como nos episódios com morte em função da administração de medicamentos errados, em hospitais, e também evitar possíveis erros em situação de urgência. O texto também determina que embalagens de medicamentos de uso infantil sejam diferentes das de uso adulto.

Para o presidente do Conselho Regional de Farmácia do PiauÍ (CRF-PI), Ítalo Rodrigues, houve um aumento considerável de estudos relacionados à segurança do paciente e erros de medicação nos últimos anos, o que levou a um maior conhecimento sobre o assunto, confirmando sua importância como um problema mundial de saúde pública. "Falta de conhecimento leva à automedicação incorreta e erro de medicação, cometidos até por profissionais da saúde, lesionando o paciente. O ideal é que isso seja evitado", afirma.

Fonte: Piauí Hoje

Veja também

Vacina contra a dengue obtém sucesso em testes01/08/14Tipo hemorrágico da doença, o mais greve, obteve taxa de imunização próximo de 90%. Vacina é desenvolvida pelo laboratório Sanofi A revista científica inglesa The Lancet publicou na quinta-feira (10) um dos resultado da fase final de uma pesquisa de vacina contra a dengue, que apresentou eficácia de 88% contra o tipo hemorrágico da doença, considerado o mais grave. Desenvolvida pelo laboratório Sanofi, a vacina deve proteger os imunizados contra os quatro tipos da doença. A pesquisa também......
Mito ou verdade: bebida alcoólica corta o efeito do medicamento?15/01/16Saiba como cada substância interage com o álcool Você está no meio de um tratamento médico e aí surge aquele convite para uma grande festa de casamento ou para um aniversário de um querido amigo. Surge a dúvida: será que posso tomar pelo menos uma latinha de......
Médicos canadenses analisaram 18 mulheres e impacto na cognição dos filhos18/12/13 Um estudo feito pela Universidade de Montreal, no Canadá, e apresentado resumidamente em um congresso anual da Sociedade de Neurociência dos EUA em San Diego, aponta que praticar exercícios físicos moderados na gravidez – 20......

Voltar para Blog