Fique por dentro

Postado em 17 de Dezembro de 2013 às 14h03

Band-aid funcional

Adesivos que liberam o remédio aos poucos na corrente sanguínea têm várias vantagens.

Usar a pele para tomar remédios tem várias vantagens. O medicamento não precisa ser concentrado, como em vacinas, e não detona o estômago, como algumas pílulas fazem. A técnica ainda resolve o esquecimento, pois o adesivo libera o remédio aos poucos na corrente sanguínea e você não precisa ficar lembrando de tomar pílulas diariamente. O problema é que alguns medicamentos não atravessam a pele facilmente. Mas isso pode ser resolvido com um pouco de tecnologia. Em janeiro, nos EUA, foi aprovado um adesivo eletrônico para enxaqueca, o Zecuity. E uma equipe no MIT testa outra versão hi-tech, com ultrassom, para aumentar a absorção de insulina. Já pensou se cola?

Fonte: Superinteressante

Veja também

Lançamento. Creme com veneno de cobra é sucesso27/01/14Que tal usar creme de veneno de cobra? A indústria de cosméticos não cansa de procurar novas fórmulas e dessa vez ingredientes bizarros estão fazendo sucesso! Mania entre as celebridades internacionais, cosméticos feitos a partir do veneno de cobra vem conquistando adeptas mundo afora com a promessa de combater o surgimento de rugas e linhas de expressão. Tudo porque a fórmula conta com uma versão sintetizada (feita no laboratório) da substância waglerina 1, encontrada no veneno da serpente Tropidolaemus Wagleri, mais conhecida......
Médicos canadenses analisaram 18 mulheres e impacto na cognição dos filhos18/12/13 Um estudo feito pela Universidade de Montreal, no Canadá, e apresentado resumidamente em um congresso anual da Sociedade de Neurociência dos EUA em San Diego, aponta que praticar exercícios físicos moderados na gravidez – 20......
Substituir arroz branco pelo integral vale a pena?05/03/14Substituir arroz branco por arroz integral pode diminuir risco de obesidade e diabetes mellitus, em trabalho apresentado na International Diabetes Federation Wo Comer arroz integral ao invés de arroz branco pode ajudar a prevenir e controlar o diabetes mellitus em populações que se alimentam basicamente de arroz, sugere nova pesquisa. O primeiro ensaio clínico randomizado para comparar a......

Voltar para Blog