Fique por dentro

Postado em 17 de Dezembro de 2013 às 14h03

Band-aid funcional

Adesivos que liberam o remédio aos poucos na corrente sanguínea têm várias vantagens.

Usar a pele para tomar remédios tem várias vantagens. O medicamento não precisa ser concentrado, como em vacinas, e não detona o estômago, como algumas pílulas fazem. A técnica ainda resolve o esquecimento, pois o adesivo libera o remédio aos poucos na corrente sanguínea e você não precisa ficar lembrando de tomar pílulas diariamente. O problema é que alguns medicamentos não atravessam a pele facilmente. Mas isso pode ser resolvido com um pouco de tecnologia. Em janeiro, nos EUA, foi aprovado um adesivo eletrônico para enxaqueca, o Zecuity. E uma equipe no MIT testa outra versão hi-tech, com ultrassom, para aumentar a absorção de insulina. Já pensou se cola?

Fonte: Superinteressante

Veja também

Remédio vencido pode perder eficácia e até causar doença nos rins18/02/14 Embora os maiores riscos do uso de medicamentos vencidos sejam outros, uma doença rara que afeta os rins, chamada acidose tubular renal foi descoberta como resultado do uso do antibiótico tetraciclina velho o bastante para que se degradasse em outras substâncias químicas. O caso inicial reportado, envolvendo uma forma do medicamento que não é mais utilizada, foi......
Invista nos alimentos e hábitos que previnem a gripe30/07/14Além da vitamina C, outros nutrientes blindam o seu organismo Segundo dados do Ministério da Saúde, pelo menos 2 mil pessoas morrem ao ano em consequência da gripe sazonal, que é a gripe comum. Por isso é muito importante tomar certos cuidados, incluindo tomar a vacina e ficar atento em......

Voltar para Blog