Fique por dentro

Postado em 17 de Dezembro de 2013 às 14h03

Band-aid funcional

Adesivos que liberam o remédio aos poucos na corrente sanguínea têm várias vantagens.

Usar a pele para tomar remédios tem várias vantagens. O medicamento não precisa ser concentrado, como em vacinas, e não detona o estômago, como algumas pílulas fazem. A técnica ainda resolve o esquecimento, pois o adesivo libera o remédio aos poucos na corrente sanguínea e você não precisa ficar lembrando de tomar pílulas diariamente. O problema é que alguns medicamentos não atravessam a pele facilmente. Mas isso pode ser resolvido com um pouco de tecnologia. Em janeiro, nos EUA, foi aprovado um adesivo eletrônico para enxaqueca, o Zecuity. E uma equipe no MIT testa outra versão hi-tech, com ultrassom, para aumentar a absorção de insulina. Já pensou se cola?

Fonte: Superinteressante

Veja também

Vacina contra a dengue obtém sucesso em testes01/08/14Tipo hemorrágico da doença, o mais greve, obteve taxa de imunização próximo de 90%. Vacina é desenvolvida pelo laboratório Sanofi A revista científica inglesa The Lancet publicou na quinta-feira (10) um dos resultado da fase final de uma pesquisa de vacina contra a dengue, que apresentou eficácia de 88% contra o tipo hemorrágico da doença, considerado o mais grave. Desenvolvida pelo laboratório Sanofi, a vacina deve proteger os imunizados contra os quatro tipos da doença. A pesquisa também......
Médicos canadenses analisaram 18 mulheres e impacto na cognição dos filhos18/12/13 Um estudo feito pela Universidade de Montreal, no Canadá, e apresentado resumidamente em um congresso anual da Sociedade de Neurociência dos EUA em San Diego, aponta que praticar exercícios físicos moderados na gravidez – 20......

Voltar para Blog