Fique por dentro

Postado em 03 de Abril de 2014 às 08h36

Hidratação com Bepantol

Dermatologista fala dos benefícios e restrições do uso na pele e cabelo

Nativa Farmácia e Manipulação Dermatologista fala dos benefícios e restrições do uso na pele e cabelo Um produto seguro, de baixo custo, fácil acesso e muitos benefícios, o Bepantol era usado inicialmente como uma pomada para...

Um produto seguro, de baixo custo, fácil acesso e muitos benefícios, o Bepantol era usado inicialmente como uma pomada para assaduras de bebês, mas acabou se transformando no queridinho das mulheres. Seu uso, na grande maioria das vezes, é para a hidratação da pele, apesar de ter como sua função principal a cicatrizarão. “O efeito hidratante é secundário, mas ele funciona bem como reparador, especialmente nos lábios, na pele e também em mucosas. Em geral, o recomendado é que sejam feitas de uma a três aplicações de fina camada da pomada diariamente”, explica o dermatologista Ricardo Limongi Fernandes, do Hospital Santa Cruz, em São Paulo.

Já o uso de Bepantol para cabelos não é recomendado. O médico explica que o dexpantenol (vitamina B5), que é o princípio ativo do Bepantol, tem efeito reparador e, por isso, é usado como base em diversos produtos desenvolvidos especialmente para o uso capilar. Mas as adeptas do seu uso nos cabelos optam pelo Bepantol em solução, que é líquido e, geralmente, misturado a outros ingredientes em receitas caseiras. “A indicação médica do Bepantol no couro cabeludo é restrita a casos de escoriações, ferimentos, pós-operatórios e enxertos, mas não como cosmético. As receitas caseiras não são indicadas pelos dermatologistas por falta de evidências de sua eficácia, mas sua diluição em água é perfeitamente aceitável”, afirma o dermatologista.

Por ser um produto oleoso, ele é contra-indicado em áreas e indivíduos propensos a acne, pois pode desencadear ou piorar o quadro.

FONTE: bolsademulher.com

Veja também

Vacina contra a dengue obtém sucesso em testes01/08/14Tipo hemorrágico da doença, o mais greve, obteve taxa de imunização próximo de 90%. Vacina é desenvolvida pelo laboratório Sanofi A revista científica inglesa The Lancet publicou na quinta-feira (10) um dos resultado da fase final de uma pesquisa de vacina contra a dengue, que apresentou eficácia de 88% contra o tipo hemorrágico da doença, considerado o mais grave. Desenvolvida pelo laboratório Sanofi, a vacina deve proteger os imunizados contra os quatro tipos da doença. A pesquisa também......
Dispositivo do Google pode ajudar a curar o câncer 18/03/15O Google entrou com um pedido de patente na Organização Mundial de Propriedade Intelectual (WIPO) para um dispositivo para usar no braço. A tecnologia chamada de Nanoparticle Phoresis é descrita como um dispositivo “capaz de modificar ou destruir um ou mais alvos no sangue que podem prejudicar a saúde”, o que inclui enzimas, hormônios, proteínas,......
Vacina em desenvolvimento pode controlar pressão por seis meses28/05/15 Quem sofre de hipertensão pode, no futuro, livrar-se da obrigação de tomar comprimidos diários. Cientistas estão desenvolvendo uma vacina capaz de controlar a pressão arterial por até seis meses, o que......

Voltar para Blog