Fique por dentro

Postado em 08 de Março de 2016 às 11h19

O QUE SÃO OS FLORAIS DE BACH

Nativa Farmácia e Manipulação As essências florais são extratos líquidos naturais e altamente diluídos de flores, plantas e arbustos, que se destinam ao equilíbrio dos problemas emocionais. O objetivo da terapia...

As essências florais são extratos líquidos naturais e altamente diluídos de flores, plantas e arbustos, que se destinam ao equilíbrio dos problemas emocionais. O objetivo da terapia floral é o equilíbrio das emoções do paciente buscando a consciência plena do seu mundo interior e exterior. Problemas de saúde frequentemente têm suas origens nas emoções; sentimentos que foram persistentemente reprimidos irão emergir, primeiro como conflitos mentais e depois como doença física.

COMO SURGIRAM OS FLORAIS DE BACH

Os Florais de Bach originais são 38 essências florais, descobertas entre 1928 e 1936 a partir de uma série de experiências levadas a cabo pelo Dr. Edward Bach, um médico de Harley Street e conhecido bacteriologista, homeopata e pesquisador.

O Dr. Bach acreditava que a atitude da mente desempenha um papel vital na manutenção da saúde e na recuperação de doenças e queria encontrar algo que trata-se a causa e não o sintoma. Após identificar 38 estados básicos negativos da mente e de passar vários anos a explorar o campo, ele conseguiu criar um remédio baseado numa planta ou em uma flor.

Em 1934, decidiu estabelecer-se e criar um centro para a sua investigação. Escolhendo Mount Vernon e vivendo numa pequena cabana no Sotwell, Oxfordshire, onde passou os últimos anos de sua vida, completando a sua obra. Agora também conhecido como o Centro Bach.

OS BENEFÍCIOS DO USO DOS FLORAIS DE BACH

Além de estimular sentimentos como o amor, a fé, a esperança, a alegria, coragem e paz, os florais não possuem contraindicações e podem ser usados em qualquer idade.

Conheça a sensibilidade dos florais de Bach. São 38 essências que tratam as pessoas e não suas doenças, cada uma correspondendo às características individuais, bem como a forma como cada um reage às situações da vida

Edward Bach era médico homeopata e patologista e possuía um talento especial: uma grande sensibilidade para a natureza. Interessado em aliviar o sofrimento humano, um dia descobriu que a diluição de essências florais era um sistema terapêutico capaz de equilibrar estados emocionais negativos, causa de doenças físicas e mentais. Segundo Bach, a ação dessas essências não se dá por meio de um processo químico ou farmacológico, mas vibracional. Essa qualidade promoveria uma ressonância celular estimulante da saúde. O National Center for Complementary and Alternative Medicine, do Instituto de Saúde dos EUA, classifica essa terapia como frontier medicine, isto é, ainda pouco explorada. Apesar disso, considerado o número de pessoas que dela se beneficiam, tem financiado estudos científicos para observação de seus efeitos. As 38 essências florais descobertas por Bach tratam as pessoas e não as doenças, e cada floral corresponderá às características individuais, bem como a forma como cada um reage às situações da vida.

5 Razões para tomar os Florais de Bach

1. Embora não seja único, é o principal instrumento utilizado para o equilíbrio das emoções e dos comportamentos mentais. Pode ser usado de maneira complementar, integrando-se perfeitamente em todo tipo de tratamento (nutricional, homeopático, etc.).

2. Não possuem contra-indicações nem efeitos colaterais, pois não são remédios. Até mesmo mulheres grávidas podem usá-los. Indicados sem limite de idade e por tempo indeterminado.

3. Estimulam sentimentos como o amor, a fé, a esperança, a alegria, coragem e paz, além de outras qualidades necessárias para que cada pessoa possa enfrentar a vida e as doenças de forma mais equilibrada.

4. Despertam o potencial de autocura que toda pessoa possui. Também melhoram a fluência de energia física, mental e emocional.

5. São indicados para aqueles que não podem se tratar sozinhos, porque dependem dos cuidados de outras pessoas, como portadores de alguma necessidade especial ou doenças degenerativas como o Alzheimer. Por fim, possuem custo acessível.

Fonte: monas.com.br

Veja também

Sal em medicamentos representa risco para a saúde do coração 17/12/13Analgésicos solúveis podem representar um risco pela alta concentração de sal contida neles Analgésicos solúveis podem representar um risco pela alta concentração de sal contida neles, alerta pesquisadores do Reino Unido, segundo a BBC. Algumas fórmulas chegam a ter mais sódio do que o recomendado diariamente para um adulto, dizem os autores do estudo. O trabalho publicado no “British Medical Journal” analisou exames de 1,2 milhões de......
Reajuste de medicamentos deve ser fixado pelo governo em 12,5%10/03/16Pela primeira vez em mais de 10 anos, o governo deve determinar um reajuste anual de preços acima da inflação. Poderão subir até 12,5% a partir de 31/03. Os medicamentos têm os preços controlados pelo governo, que realiza um reajuste anual com base no Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). Neste ano, a inflação entre março de 2015 e fevereiro de 2016 foi......
Mito ou verdade: bebida alcoólica corta o efeito do medicamento?15/01/16Saiba como cada substância interage com o álcool Você está no meio de um tratamento médico e aí surge aquele convite para uma grande festa de casamento ou para um aniversário de um querido amigo. Surge a dúvida: será que posso tomar pelo menos uma latinha de......

Voltar para Blog