Fique por dentro

Postado em 09 de Abril de 2014 às 08h39

Deputados liberam comercialização de inibidores de apetite

A Câmara aprovou projeto que suspende a decisão da Anvisa

Nativa Farmácia e Manipulação A Câmara aprovou projeto que suspende a decisão da Anvisa A Câmara dos Deputados aprovou hoje (8) Projeto de Decreto Legislativo 1.123/13, que susta decisão da Agência Nacional de Vigilância...

A Câmara dos Deputados aprovou hoje (8) Projeto de Decreto Legislativo 1.123/13, que susta decisão da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) que proibiu, em 2011, a produção e a comercialização de remédios inibidores de apetite.

A Resolução 52/11 proíbe a venda dos inibidores de apetite anfepramona, femproporex e mazindol e cria restrições severas à sibutramina. O texto segue agora para o Senado.

A proibição atinge diversos medicamentos usados no tratamento da obesidade. Ao proibir o uso dos medicamentos, a Anvisa argumentou que não foram apresentados estudos clínicos que comprovassem a sua eficácia .

A votação dividiu o plenário. A maioria dos partidos liberou a bancada para a votação. O deputado Henrique Fontana (PT-RS), médico de formação, se posicionou contra a aprovação da proposta. Para Fontana, o Parlamento não tem condições técnicas para tomar tal decisão.

“O Parlamento brasileiro agora vai começar a proibir ou autorizar os uso de medicamentos?”, questionou Fontana. “É óbvio que todos nós queremos que os obesos tenham o tratamento qualificado, mas será que o Parlamento tem condição de fazer este tipo de análise técnica?”.

O autor da proposta, Beto Albuquerque (PSB-RS), que é advogado, argumentou que a medida causou insatisfação entre a classe médica, constituindo-se em um retrocesso ao tratamento dos obesos no país.

“Tiraram a caneta do médico para definir o tipo de tratamento adequado e defendeu a aprovação. A sustação [da resolução] que estamos fazendo aqui é temporária e vai obrigar a um debate técnico sobre a questão”, disse.

fonte: exame.com

Veja também

Nova lei obriga bulas mais legíveis e explicativas em embalagens de medicamentos14/01/16Objetivo é evitar erros de administração, trocas indesejadas e uso equivocado de fármacos Visando impedir a troca de medicamentos na hora do uso, além de obrigar os fabricantes a disponibilizar bulas com letras maiores e informações mais explicativas ao público, foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) de 30 de dezembro de 2015, a Lei nº 13.236, que estabelece normas gerais para inibir erros de administração, trocas indesejadas e uso......
Nutricolin®, mais do que uma fonte para as proteínas da beleza!04/08/16O código da beleza foi decifrado! O que é preciso para se sentir bem todos os dias? Essa pergunta rodeia nossas cabeças constantemente. Certamente, manter-se saudável e aparentando uns aninhos a menos já são maneiras de alcançar o bem-estar e o......
Morango é arma poderosa contra o colesterol, revela estudo26/02/14A ingestão diária de 500 gramas de morangos por um mês é capaz de reduzir níveis de colesterol em 9% e de triglicérides em 20%, mostra pesquisa O morango é uma boa arma na luta contra o colesterol. A conclusão de pesquisadores espanhóis e italianos consta em artigo publicado pelo Journal of Nutritional Biochemistry - publicação holandesa da área de......

Voltar para Blog